Ensino Profissional Marítimo para AQUAVIÁRIOS

                              E P M

 

Muitos se perguntam o que é o ENSINO PROFISSIONAL MARÍTIMO - EPM - , e para que se destina, vejamos então as perguntas mais frequentes , com as respostas que todos os interessados procuram saber.

 

Analisando cada resposta, o usuário irá entender perfeitamente todas as normas e diretrizes do EPM.

 

 

1) O que é Aquaviário?
 

É todo aquele com habilitação certificada pela autoridade marítima para operar embarcações em caráter profissional.

2) O que é PREPOM-Aquaviários?

 

É uma sigla que significa Programa do Ensino Profissional Marítimo para Aquaviários. Esse programa é disponibilizado anualmente, na Internet, no site da Diretoria de Portos e Costas, no qual constam os cursos a serem aplicados durante o ano letivo. Conheça o PREPOM  => AQUI <=

3) Quando abrem as inscrições dos cursos do Ensino Profissional Marítimo (EPM)?

 

Todas as informações sobre os cursos do EPM, tais como: condições para inscrição, períodos de inscrição e dos cursos, bem como os locais de realização estão disponibilizados no site da Diretoria de Portos e Costas (DPC). => AQUI <=

5)   Onde posso tirar minhas dúvidas com relação aos cursos do Programa do Ensino Profissional Marítimo (PREPOM)?

 

Após acessar o PREPOM, caso ainda haja qualquer tipo de dúvida, poderá dirigir-se a uma Capitania dos Portos, Delegacia ou Agência as quais estão localizadas em todo território nacional. A relação completa poderá ser visualizada => AQUI <=.

6)    Qual o valor de cada curso do
Ensino Profissional Marítimo?

 

Os cursos do Ensino Profissional Marítimo são totalmente gratuitos, não há custo para o aluno.

7)    Posso fazer os cursos do
Ensino Profissional Marítimo em outras instituições ou só na Marinha do Brasil?

 

A Autoridade Marítima Brasileira (Marinha do Brasil), por intermédio da Diretoria de Portos e Costas, é responsável pela aplicação dos cursos do Ensino Profissional Marítimo, os quais são aplicados nos Órgão de Execução que são Os Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), no Rio de Janeiro, Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), em Belém e nas Capitanias, Delegacias e Agências existentes em todo território nacional.

8) Posso realizar os cursos do
Ensino Profissional Marítimo em uma empresa credenciada pela

Diretoria de Portos e Costas?
 

Sim, porém a inscrição no curso deverá ser feita, pelo candidato, diretamente no órgão de Execução responsável pelo curso, ou seja, em uma das Capitanias, Delegacias ou Agências.

9) Que cursos técnicos de Nível Médio são aproveitados pelo Ensino Profissional Marítimo?

 

Alguns cursos técnicos de Ensino Médio, reconhecidos pelo MEC, são pré-requisitos para inscrição nos cursos de adaptação para aquaviários. A relação dos cursos e de suas ementas, constam no Programa do Ensino Profissional Marítimo (PREPOM). => AQUI<=

10) Após realizar um curso do Ensino Profissional Marítimo já estarei empregado?

 

Não. Os cursos do Ensino Profissional Marítimo apenas habilitam para operar embarcações em caráter profissional. Cabe ao interessado buscar uma vaga no mercado de trabalho.

 

 

A Superintendência do Ensino Profissional Marítimo (DPC-10) possui as seguintes competências específicas:

 

I - supervisionar os assuntos relativos ao Ensino Profissional Marítimo (EPM) e aos cursos para Tripulantes Não Aquaviários (TNA) e Profissionais Não Tripulantes (PNT), obrigatórios pela legislação como requisito de embarque para não aquaviários;
 

II - propor as alterações na listagem de impressos e publicações de interesse para o EPM;
 

III - manter atualizadas as publicações e os impressos de interesse para o EPM sob sua responsabilidade;
 

IV - supervisionar a elaboração e a execução dos Programas do Ensino Profissional Marítimo (PREPOM);
 

V - propor a Política de Pessoal Aquaviário;
 

VI - credenciar entidades para a aplicação de cursos do EPM e para TNA e PNT;
 

VII - coordenar ações para a concessão de vagas a bolsistas estrangeiros nos cursos do EPM; e
 

VIII - propor normas sobre cerimonial e ficalização do uso de uniformes a bordo das embarcações nacionais.

 

Para o desempenho de suas competências, a DPC-10, sob a direção do respectivo Superintendente, está organizada da seguinte forma:

 

I - Departamento de Ensino de Aquaviários (DPC-11);
 

II - Departamento de Ensino de Portuários (DPC-12);
 

III - Departamento de Pessoal Aquaviário (DPC-13);
 

IV - Departamento de Ensino de Tripulantes Não Aquaviários (TNA) e Profissionais Não Tripulantes (PNT) (DPC-14); e
 

V - Departamento de Desenvolvimento do Ensino Profissional Marítimo (DPC-15).

 

INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E/OU PRIVADAS QUE ESTÃO CREDENCIADAS PELA DPC A MINISTRAR OS CURSOS DO ENSINO PROFISSIONAL MARÍTIMO - EPM ==>> AQUI <<== 

 

Fonte:

https://www.dpc.mar.mil.br/pt-br/comunicacao-social/perguntas-frequentes/ensino-profissional-maritimo-para-aquaviarios